terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Se você não pode mudar seu destino, mude sua atitude!

''Comece mudando a si mesmo. Ninguém muda o mundo se não consegue mudar a si mesmo ..."

Li essa frase no texto de RODRIGO BENTES DINIZ, que aborda um assunto interessantíssimo, o que você pode fazer para mudar o mundo?E a se próprio?

Bem, está chegando o ano 2013, e eu aqui na varanda pensando no pedido que vou fazer para esse ano novo, que estar por vim, é minha família tem essa tradição, quando começa a fazer contagem, todos dão a mão fazendo-se um circulo e cada um fazendo um pedido em silencio, eu ainda não sei o que vou pedir, depois de tantas perdas, frustrações, tantas reviravoltas, não sei se estou tao desacredita das coisas, mas nada vem a cabeça, só uma coisa que tenho muita vontade agora,era ter minha filha ao meu lado, queria segurar sua mão e ver os fogos, poder abraçar e dizer "Feliz ano Novo minha pequena", mas infelizmente, ela esta muito longe.
Nem tudo é como agente quer, para ter ela ao meu lado, eu preciso entrar no processo de mudanças, sair do comodismo, ter atitude, não sou mas adolescente, que não ligava par as consequências, eu sou MÃE, e preciso pensar no futuro dela, tenho que acordar para vida, ver que tenho a minha FAMÍLIA agora, tenho problemas para serem enfrentados, estava entrando em uma vida de fazer só por fazer,entende? Só por que não tenho emprego dos meus sonhos, não conseguir entrar numa faculdade, porque não consigo sair das dividas, não consigo ajudar meu pais financeiramente, fui me deixando aos poucos, mas hoje, com a distancia da minha filha, me fez enxergar que eu não posso me entregar para a depressão, só porque perdi algumas guerras, isso não quer dizer que perdi a batalha, eu não quero perder o único bem que eu mas amo, minha filha. 
'-Flávia', ouvi alguém me chamar,'-Já começou, a queima de fogos,'' era a hora de fazer meu pedido, então eu pensei, e fui.
Fechei os olhos e pedi: QUERO ATITUDE FLÁVIA!QUERO ATITUDE FLÁVIA!QUERO MUDANÇAS. Falei baixinho, e repetindo varias vezes, na duração dos fogos.

Nossas atitudes escrevem nosso destino. Nós somos responsáveis pela vida que temos. Culpar os outros pelo que nos acontece é cultivar a ilusão. A aprendizagem é nossa e ninguém poderá fazê-la por nós, assim como nós não poderemos fazer pelos outros. Quanto mais depressa aprendermos isso, menos sofreremos.
No instante em que é tomada uma nova decisão, entra em movimento uma nova causa, efeito, direção e destinação para a sua vida. Literalmente, você começa a mudar sua existência no momento em que toma uma nova decisão. 



É uma história verídica, de um homem que superou todos os obstáculos para poder estar junto do seu filho e proporcionar uma vida digna a ele. Lembrei dele agora, sou muito fã do Will Smith e vai ser uma das minhas inspiração para querer TOMAR UMA ATITUDE!!!





FELIZ ANO NOVO A TODOS VOCES, FIQUEI BASTANTE AFASTADA DAQUI, MAS É ANO NOVO, VIDA NOVA RSRS E ATITUDES NOVAS....Bjs,


Flávia Teixeira






5 comentários:

  1. Olá!

    Feliz ano novo para você!!!

    O primeiro passo, o mais importante é decidir mudar!

    É preciso querer a mudança, muitas pessoas só querem os resultados e não querem fazer esforço para mudar e alcançar os resultados.

    Se quiser conhecer eu participo de um grupo na internet: http://vivi-saude.blogspot.com.br/p/boa-menina-2012.html

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Dêzinhas por essas lindas palavras!! Acabando de escrever aqui vou imediatamente visitar o seu blog!!

      Excluir
  2. Olá Flávia,
    o pensamento tem que ser esse mesmo, não só planejar, é colocar em prática. Temos um ano em branco pela frente e só depende de nós para mudar a nossa realidade.
    Bjão e feliz 2013.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!!! Obrigada..E Feliz Ano novo minha flor!!Bjs

      Excluir
  3. "Você pode escolher sofrer a dor da mudança, ou a dor de continuar do jeito que está." Joyce Meyer

    A mudança é dolorida, mas necessária! .. Vamos nessa campeã!..

    Ana Paula Clemente

    ResponderExcluir